Jornal Tamoios
Cabo Frio, Tamoios,

Cerimônia solene marca a abertura da Jornada de Integração Cabo Frio – África

Programação reúne cultura, história e promoção da igualdade racial

24/05/2021 - Foi oficialmente aberta, nesta segunda-feira (24), a Jornada de Integração Cabo Frio – África. Realizada pela Prefeitura, a programação contou com a presença do prefeito José Bonifácio, do cônsul de Angola, Mateus de Sá Miranda, e do cônsul-geral honorário de Cabo Verde, Pedro Antônio dos Santos. O evento acontece até o dia 17 de julho com atividades voltadas para a cultura, história e promoção da igualdade racial, em homenagem aos dois países africanos.

Abrindo a programação, o prefeito José Bonifácio e os cônsules de Angola e de Cabo Verde hastearam as bandeiras do Brasil e dos dois países africanos na Praça Tiradentes, em frente à sede do Poder Executivo cabo-friense.

Anfitrião do evento, o prefeito de Cabo Frio destacou a importância histórica do continente africano e relembrou o início das tratativas para estreitar os laços junto aos países irmãos.

“É com orgulho e muita emoção que abro a Jornada de Integração Cabo Frio – África. Nossa cidade se sente orgulhosa em realizar um encontro de aproximação entre os países de Angola e Cabo Verde. Estamos iniciando nossos trabalhos destacando a importância de conhecermos e divulgarmos a história. A dívida do nosso país com a população negra, que foi retirada do seu território, é imensa. Com este evento, estamos iniciando a construção do resgate cultural, educacional e histórico em Cabo Frio. Temos um governo que conta com quase 40% de negros no primeiro escalão, mas a responsabilidade de mudar o cenário de oportunidades é de cada um de nós. Essa é uma luta para recolocar na história aqueles que realmente construíram esse país”, disse o prefeito.

O cônsul angolano agradeceu as palavras, e lembrou que, quando recebeu a delegação do prefeito José Bonifácio, em janeiro deste ano, ficou registrado o início de uma relação e uma cooperação que vai, efetivamente, fortalecer não apenas a relação que já existe entre Brasil e Angola, mas sobretudo no campo cultural e educacional.

“É na cultura que a gente se reconhece. E os afrodescendentes têm dificuldade de encontrar suas raízes. São raros os exemplos daqueles que se preocupam com esse resgate. Estamos aqui e abraçamos essa jornada. Agora vamos partir juntos nessa busca histórica, entre Cabo Frio, Angola e Cabo Verde”, disse o cônsul angolano, Mateus Sá Miranda.

Reforçando a receptividade cabo-friense, o cônsul cabo-verdiano, Pedro Antônio Santos, celebrou o momento.

“Agradeço ao prefeito José Bonifácio pela preocupação e dedicação com nossa africanidade. Essa é uma das experiências mais lindas que já vivi aqui no Brasil, com autoridades que se interessam pela África de maneira geral. Como cabo-verdiano, isso é muito especial. Antigamente, quando encontrávamos pessoas de outros países, elas não sabiam onde era Cabo Verde, ou identificavam como sendo parte de Angola. Hoje existe esse reconhecimento. Fico muito grato de estar participando desse momento histórico”, finalizou Pedro Antônio.

A jornada continua nesta terça-feira (25) com a mesa de trabalho “Africanidades”, às 14h30, com transmissão ao vivo na página da Prefeitura de Cabo Frio no Facebook (https://www.facebook.com/PrefeituradeCaboFrio).

Entre em contato com o Jornal Tamoios pelo email jornaltamoios@yahoo.com.br e no zap 21 995525954