BrBio promove ação de monitoramento dos corais de Búzios

Nos dias 20 a 21, a equipe de pesquisa do Instituto Brasileiro de Biodiversidade – BrBio vai finalizar a ação de monitoramento do Projeto Ecorais nas praias de Armação de Búzios. A atividade tem como objetivo avaliar a saúde das populações de corais da região e analisar se o estado de saúde desses animais está associado às alterações nas condições ambientais.

“A equipe pretende também filmar as atividades de pesquisa, além de integrar diferentes atores envolvidos no projeto, como o Fundo Brasileiro para a Biodiversidade, Chevron e a Secretaria Municipal de Educação, Esportes, Ciência e Tecnologia de Armação de Búzios”, comenta Simone Siag Oigman Pszczol, coordenadora do Projeto Ecorais.

“Essa saída de campo possui diferentes objetivos. Um deles é finalizar o acompanhamento trimestral das populações de Mussismilia hispida, popularmente conhecido como coral cérebro, e do Siderastrea stellata, o coral estrelinha, que vem sendo feito desde dezembro de 2016 em cinco pontos de Búzios. O segundo objetivo é a avaliação de características ambientais, como temperatura, quantidade de sedimento na água e luz, para descobrir se eventuais alterações nos estados dos corais estão associadas a mudanças nas condições ambientais”, explica Dr. Lelis Antônio Carlos Júnior, pesquisador de pós-doutorado do Projeto Ecorais.

Os pesquisadores também irão coletar pequenos pedaços de tecido dos corais da região para a realização de análises moleculares, a fim de descobrir padrões e dinâmicas dos organismos que vivem em simbiose com os corais, chamados de zooxantelas. Esta pesquisa é feita em colaboração de pesquisadores do Laboratório de Biodiversidade de Cnidaria da UFRJ.

O Projeto Ecorais, do BrBio, conta com recursos decorrentes do Termo de Compromisso de Ajustamento de Conduta firmado pela Chevron Brasil com o Ministério Público Federal, com implementação do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade – Funbio.

Projeto Ecorais

O Projeto Ecorais surgiu em 2000 a partir de uma pesquisa científica sobre a saúde dos corais da Armação dos Búzios. O trabalho foi motivado pela preocupação dos pescadores e órgãos municipais com os danos causados pela atividade humana nos ambientes marinhos costeiros da região. O Projeto Ecorais tem o apoio do Projeto de Apoio à Pesquisa Marinha e Pesqueira do Estado do Rio de Janeiro, sob responsabilidade do Fundo Brasileiro para a Biodiversidade – Funbio. O projeto tem parcerias com UERJ, UFRJ e UFF e Secretaria Municipal do Meio Ambiente e Pesca da Armação dos Búzios.


Pesquisa interna


free
hit counter