Cristiane Fernandes tem sua candidatura indeferida para eleição de Cabo Frio

O registro da candidatura da chapa de Cristiane Fernandes (PSDB) para a disputa pelo Executivo de Cabo Frio, na eleição suplementar, foi indeferido pelo Tribunal Regional Eleitoral (TRE-RJ). Mas, a decisão é valida apenas para o primeiro registro feito junto ao partido.

De acordo com a candidata a chapa, formada por ela e por sua vice Dra. Carmen Almeida, apresentou dois registros: Sendo um deles em nome do partido, no dia 20 de maio, esse que foi indeferido. E o outro no dia 21 de maio, de forma individual.

A expectativa é que esse registro individual seja julgado ainda nesta semana. Lembrando que pela resolução que rege a eleição suplementar, todos os registros deverão estar julgados e a sentença publicada até dia 21, três dias antes da eleição.

Assim como tem dito desde o início da sua campanha, que foi lançada após desentendimentos com o também candidato a prefeito, Dr. Adriano Moreno, Cristiane alega que mais uma vez está sendo vitima de perseguições políticas.

"Sem nenhuma dúvida perseguições políticas estão ocorrendo. Mas muito além, a delegada Marta Rocha diz que a cada 15 minutos uma mulher sofre algum tipo de violência, e digo que estamos sofrendo um tipo de violência com essa tentativa de cessar nosso direito de vir candidata a prefeitura de Cabo Frio", disse a candidata, que vem defendendo a ideia da presença das mulheres na política e de uma chapa 100% feminina.

 

 

 

 

 


Pesquisa interna


free
hit counter