Secretaria de Esporte inicia mapeamento de projetos socioesportivos

A Secretaria de Esporte e Lazer de Cabo Frio iniciou um levantamento dos projetos socioesportivos em atividade na cidade. Segundo o secretário Flávio Rebel, esta iniciativa é a primeira que está sendo tomada desde que assumiu a pasta, há duas semanas.

"A ideia é mapear os projetos socioesportivos desenvolvidos nas comunidade, com poucos recursos, para que o Poder Público possa agregar esforços no objetivo de crescimento destes projetos. Na semana passada visitamos três projeto no Jacaré e um no Tangará, todos iniciativas da comunidade. Entendo que o papel da Prefeitura, via Secretaria de Esportes, é de visitar estes locais, conversar com os moradores que organizam estes projetos e dar um suporte, seja ele com profissionais de Educação Física para as atividades; ou montagem de regulamentos de competições. A Secretaria estará aberta para o diálogo", explicou Rebel.

O secretário falou ainda das possibilidades de integração das ações do Esporte com outras pastas da Prefeitura, como Educação, Turismo, Meio Ambiente e Assistência Social, por exemplo.

"O prefeito Dr. Adriano entende que este é o momento onde as secretarias devem caminhar juntas, montando projetos que possam ser desenvolvidos por meio de parcerias. No caso do Esporte, queremos montar junto com a Educação um planejamento para aumentar as atividades nas escolas, pensar em um novo modelo de Jogos Estudantis com um calendário contínuo; com o Turismo e com o Meio Ambiente, tratar dos esportes náuticos e das atividades nas praias da cidade; e com a Assistência Social, as atividades nos CRAS e com a Melhor Idade. A receptividade tem sido muito boa e aos poucos, vamos projetar essas ações", afirmou.

Situação dos equipamentos esportivos preocupa

Uma das grandes preocupações encontradas pela equipe da Secretaria de Esporte e Lazer é a situação dos equipamentos esportivos que são de responsabilidade da Prefeitura. O Ginásio Poliesportivo Alfredo Barreto, no Portinho, onde fica a sede da Secretaria de Esporte e Lazer, está com o fornecimento de energia elétrica interrompido há sete meses. No entanto, a Prefeitura já está negociando um acordo com a Enel para o restabelecimento da energia. Outra preocupação é com o telhado do ginásio. Com problemas de estrutura por conta da falta de manutenção, será necessária uma reforma. Engenheiros da Coordenadoria de Planejamento estiveram no local para uma avaliação preliminar.

O Ginásio Poliesportivo Vivaldo Barreto, no Jardim Esperança, está desativado há praticamente cinco anos. A Prefeitura quer revitalizar o espaço esportivo, inaugurado em 2010 e algumas medidas já estão sendo estudadas neste sentido. O Estádio Correão, em São Cristóvão, também inspira cuidados e também vai passar por avaliação. Já o Ginásio Poliesportivo João Augusto Teixeira, em Santo Antônio, no Segundo Distrito, está funcionando e com atividades regulares. No final de semana passado, houve uma competição de artes marciais, onde foram arrecadados cerca de 850 kg de alimentos não perecíveis.

Mesmo com todas as dificuldades encontradas, a Secretaria de Esporte e Lazer está funcionando. "A orientação é estarmos sempre aqui, com nossa equipe, para atender as pessoas e neste primeiro momento, traçar as diretrizes para o que faremos nas próximas semanas. Já tivemos reuniões com as equipes de trabalho e estamos recebendo dirigentes de ligas, associações e clubes e esportistas em geral. A ideia é de fortalecer o esporte da cidade em suas diversas esferas: educacional, de participação social e de rendimento" finalizou Flávio Rebel, que vem visitando diversos projetos e competições esportivas.

 

 

 

 

 


Pesquisa interna


free
hit counter