Educação de Cabo Frio está em greve

Os profissionais da Educação de Cabo Frio decidiram, em assembléia, entrar em greve a partir do sábado, 07. Além disso, o sindicato está orientado que o ano letivo de 2019 não seja fechado até o pagamento do salário de novembro de todos os profissionais da educação, assim como o 13º salário e o ressarcimento dos descontos de greve.

De acordo com o Sindicato dos Profissionais da Educação - Sepe Lagos, a categoria seguiu deliberação de assembleias anteriores de aprovar greve caso não haja pagamento para todos os profissionais da educação até o quinto dia útil. Como há diversas escolas com calendário de aulas aos sábados, a deliberação abrangeu já o dia 7 como dia de greve.

A decisão foi tomada com base no calendário de pagamento divulgado pela Prefeitura de Cabo Frio, que mostra que os estutários da educação receberam nesta sexta-feira, 06. Porém, no caso dos comissionados, a previsão é que o salário seja depositado no dia 18 de dezembro.