Os profissionais da educação de Cabo Frio podem entrar em greve

O sindicato dos Profissionais da Educação (Sepe Lagos) marcou para esta sexta-feira, 03, às 18h, no Edilson Duarte, uma assembleia com a categoria, de onde pode sair a decisão de paralisar as atividades na rede municipal de Cabo Frio.

Na última assembleia realizada na segunda-feira, 30, a categoria já havia decidido que iria protocolar um oficio solicitando uma audiência com a presença do prefeito, de representantes do sindicato e dos secretários de Educação, Fazenda e Administração para que sejam discutidas as principais demandas da categoria, caso o pedido não fosse atendido no prazo de três dias, uma nova assembleia seria realizada com indicativo de greve.

A categoria cobra diversas demandas, dentre elas isonomia salarial, os contratados; Calendário de pagamento;Verificação da denúncia de que existem contratados sendo demitidos fora do período estabelecido por lei; Desvinculação do calendário civil do letivo (com isso o ano letivo de 2018 termina em 2019) e manutenção das paralisações no sábado letivo; e outras

 

 

 

 


Pesquisa interna


free
hit counter