Caminhos da História promove passeio cultural por Cabo Frio

20/09/2018 - O Museu de Arte Religiosa e Tradicional (Mart) e a Secretaria de Turismo promoveram nesta quarta-feira (19) um dia diferente para um grupo de moradores de Cabo Frio e outras cidades da Região dos Lagos: um dia de passeio por vários pontos culturais e históricos da cidade, através da retomada do projeto Caminhos da História. A concentração aconteceu em frente ao Museu, de onde partiram, a pé, pelo Morro da Guia, Fonte do Itajurú e Praça Porto Rocha, finalizando no São Bento.

Paralisado desde junho deste ano, o Caminhos da História foi lançado no primeiro semestre de 2017, e consiste numa caminhada pelo complexo histórico central da cidade. Inicialmente realizado pela Secretaria de Cultura com apoio da Universidade Estácio de Sá, a partir de agora o Caminhos da História passa a ser também realizado pela Secretaria de Turismo, através da Superintendência de Turismo Histórico e Social. A programação desta quarta-feira fez parte do projeto ‘Primavera de Museus’, realizado anualmente pelo Museu de Arte Religiosa e Tradicional de Cabo Frio e pelo Instituto Brasileiro de Museus.

Para este sábado (22) está previsto um novo passeio, desta vez através de parceria entre as Secretarias de Turismo e Mobilidade Urbana com a Auto Viação Salineira. E em novembro estão confirmadas outras edições do Caminhos da História. “Importante frisar que a participação no projeto é 100% gratuita. Basta apenas que os interessados façam contato com a Superintendência de Turismo Histórico e Social através do Whatsapp (22) 99951-0293. Podem ser escolas, instituições sociais, hoteleiros que queiram agendar para turistas, enfim… Só precisamos que o agendamento seja feito com antecedência para que possamos elaborar os roteiros”, explicou Paulo Cotias, responsável pelo projeto, lembrando que é aconselhável o uso de roupas e calçados confortáveis, protetor solar e cuidados com a hidratação durante o passeio.

Durante o passeio, historiadores da Superintendência de Turismo Histórico e Social da Secretaria de Turismo contam detalhes e curiosidades históricas sobre os pontos visitados, transformando o lazer numa atividade produtiva cultural e historicamente.