Horta orgânica estimula alimentação saudável nas escolas de Barra de São João

Estimular uma alimentação saudável, trabalhar questões de sustentabilidade e educação ambiental, além de colocar em prática o conhecimento adquirido durante as aulas. Com essa proposta, os integrantes dos programas Jovem Agricultor Orgânico e Paisagista Mirim vêm ajudando na implantação e manutenção de hortas escolares em Barra de São João.

Durante a manhã eles estão na escola e à tarde sob a orientação de técnicos da Secretaria Municipal de Agricultura e Pesca. Além de aulas teóricas, que acontecem no auditório do Centro Administrativo Célio Sarzedas, eles têm a oportunidade de colocar a “mão na terra”.

Na Escola Municipal Pastor Abel de Souza Lyrio, eles já plantaram e colheram couve, rúcula, alface, beterraba, jiló, cebolinha, salsa, entre outras verduras e temperos. Os alimentos são aproveitados pela cozinha da escola, que oferece um alimento saudável e orgânico para os alunos.

Os jovens também vem ajudando na horta do Ciep Municipalizado 406 e na Creche do Palmital, onde os alunos participam de todo o processo de preparo, plantio e colheita dos alimentos. A participação dos alunos incentiva o consumo de verduras e legumes que eles ajudam a cultivar.

De acordo com a bióloga e monitora do projeto Jovem Agricultor Orgânico, Vanessa Quintal, conceitos de sustentabilidade também são trabalhados com os jovens e os alunos das escolas. “Os canteiros vêm sendo feitos com a reutilização de materiais recicláveis, como garrafas pet, forros e canos de pvc. Fizemos a composteira, onde são depositados os restos de cascas da cozinha. Além de reduzir o volume de lixo das escolas, esses alimentos se transformam em composto orgânico e o adubo é utilizado na própria horta”, falou Vanessa.