UPA e Hospital de Tamoios atendem somente a casos graves

Restrição ocorre por conta do atraso nos salários de dezembro dos médicos

29/01/2020 - O atendimento no Hospital Municipal de Tamoios, e a UPA, estão com o atendimento restrito a casos graves por conta do atraso no pagamento dos salários dos médicos. Muitos pacientes já foram embora na manhã desta quarta-feira (29) sem atendimento, até porque, faltam materiais básicos, como os usados para fazer curativos.

De acordo com a apuração, só havia seis médicos da especialidade clínico geral, sendo três no atendimento ao público e três na sala vermelha, para onde são levados os pacientes em estado mais grave.

Nesta segunda-feira (27), a Prefeitura de Cabo Frio mudou pela segunda vez a data que havia sido definida para o pagamento em acordo com os médicos contratados. A primeira tinha sido no dia 22 de janeiro, mas ela foi adiada para o início da semana do dia 27.

Agora, o município informou que o dinheiro será depositado no final, e não no início da semana. O calendário definido no começo de 2020 prevê o escalonamento de salários e cada categoria deverá receber o pagamento de dezembro em uma data diferente.

Por lei, todos os trabalhadores devem receber o mês trabalhado até o quinto dia útil do mês seguinte. No caso dos salários de dezembro, esse prazo foi até o dia 8 de janeiro.