ASSIM FALOU O PREFEITO
Marquinho Mendes - Prefeito de Cabo Frio

 

A verdade sobre a crise

Não se engane. A dívida deixada pelo governo anterior é de R$ 1 Bilhão. Um dinheiro que ninguém sabe e ninguém viu. Somente de salários o governo do ex-prefeito Alair Correa deixou em atraso 4 folhas de pagamento, mais três quintos do 13º salário de 2016 e ainda dois quintos do 13º salário de 2015. É muita coisa! Fora o fechamento das escolas e hospitais. É inaceitável o que aconteceu em nossa cidade no período de 2013 a 2016. Se não fosse a herança da dívida deixada, sem dúvidas estaríamos vivendo dias melhores.

Quando assumimos, priorizamos o pagamento dos servidores. De nenhuma maneira cogitamos parcelar as dividas antigas em um número maior de parcelas, porque entendemos as necessidades de quem trabalha. Com o aumento da receita no começo do ano conseguimos efetuar boa parte dos pagamentos atrasados, para que os servidores que sofreram durante tanto tempo pudessem quitar seus débitos pendentes com bancos e etc. Mesmo ainda havendo atrasos, os salários estão sendo pagos. Jamais deixaremos de pagar aqueles que acordam cedo para servir a população.

Para se ter uma ideia, de janeiro a setembro de 2017 foram investidos com a folha de pagamento, incluindo os salários deste ano e também os salários deixados em atraso pela gestão anterior, mais de R$ 280 milhões. Mesmo com todos os esforços feitos até o momento, as dívidas deixadas pela gestão anterior vêm trazendo muitas dificuldades para o município. Somente com a Receita Federal a dívida deixada foi de mais de R$ 500 milhões. Negociamos a dívida e estamos pagando mensalmente, caso contrário a Prefeitura fica impossibilitada de receber recursos federais. Também tivemos que negociar dívidas com concessionárias de água e energia elétrica, para que os serviços não fossem interrompidos.

É importante lembrar que, na virada do ano, hospitais estavam fechados, os alunos da rede municipal não haviam concluído o ano letivo e a cidade estava tomada de lixo. Com muito esforço, todos esses problemas foram solucionados, e mesmo com dificuldades financeiras, a cidade saiu do caos. O respeito aos servidores públicos fica evidente com a utilização da maior parte dos recursos arrecadados no pagamento dos salários atuais e dos salários do ano passado. No entanto, devido à grave situação deixada, os esforços realizados ainda não foram suficientes para resolver todos os problemas do passado. Como nossas receitas estão comprometidas com as dívidas, temos buscado de forma incansável as parcerias com o governo federal para a realização de obras e projetos que a cidade precisa com recursos federais.

De acordo com nossas projeções financeiras, a situação deve melhorar no início de 2018, quando a arrecadação do município aumenta por conta do IPTU. Iremos utilizar esta verba para quitar o que ainda restar da gestão anterior, e, consequentemente, acabar com esse fantasma do passado. Sabemos que o remédio é amargo e a cura é demorada, mas também sabemos que o pior já passou. Falta pouco e não vamos descansar nessa etapa final. Vocês confiaram a mim esta missão, e garanto que não vou decepcionar.

Forte abraço e que Deus nos abençoe!

Marquinho Mendes
Prefeito de Cabo Frio


 

 


Pesquisa interna