Exposição de Miniaturas Navais inaugura novo espaço cultural em Cabo Frio

Com o apoio da Secretaria de Cultura, a exposição reúne barcos famosos que marcaram história

A partir desta quinta-feira (23), às 20h, Cabo Frio terá parte de sua história naval recontada através das miniaturas do artesão Antônio Leite. São 50 barcos confeccionados ao longo de um período de pesquisa sobre a história passada nos mares que cercam a cidade. A exposição inaugura um novo espaço cultural, o Arcos do Canal, que fica às margens da orla da Passagem, na rua Constantino Menelau, 76.

Com o apoio da Secretaria de Cultura, a exposição reúne barcos famosos que marcaram história, com o Navio Coral, o Valente ou o Navio Perynas.

“Esta é a maior exposição que faço. Grande parte conta a história de Cabo Frio através das embarcações. Pesquisei autores como Meri Damaceno e Marcio Werneck, por exemplo, e fotos de Wolney Teixeira. Pesquisei bastante sobre as pessoas que fizeram esses navios e a exposição conta uma parte desta história”, diz Antônio Leite.

O artesão naval, que coleciona peças ao longo de 25 anos de carreira, ressalta que a exposição exibe navios atuais e de anos como 1830, 1940 e 1918.

“Tenho um carinho especial pela lancha que fazia o transporte de passageiros entre Iguaba e Cabo Frio em 1918, por ela ser muito diferente, era o meio de transporte da época”, relembra Antônio.

A exposição de Miniaturas Navais fica em cartaz até o fim de dezembro, de segunda a sábado, das 16h às 22h.


 

 

 



Pesquisa interna