Reunião de governadores com Bolsonaro termina em bate-boca

25/03/2020 - Terminou em bate-boca a reunião virtual do presidente Jair Bolsonaro com governadores do Sudeste e alguns ministros, na manhã desta quarta-feira (25). Durante a conversa, o governador de São Paulo, João Doria, disse a Bolsonaro que ele deveria "dar exemplo ao País, e não dividir a nação em tempos de pandemia".

Em resposta, de acordo com participantes do encontro, Bolsonaro chamou Doria de "leviano" e "demagogo".
Bolsonaro pediu para Doria "sair do palanque' e disse que, nas eleições de 2018, Doria se apoderou do seu nome para angariar votos e, depois, "virou as costas".

"Sem diálogo não venceremos a pior crise de saúde pública da história de nosso País. Bolsonaro, início na condição de cidadão, de Brasileiro, Lamentando seu pronunciamento de ontem à noite à nação. Nós estamos aqui, os quatro governadores do Sudeste, em respeito ao Brasil e aos brasileiros, e em respeito também ao diálogo e ao entendimento. O senhor, como presidente da República, tinha que dar o exemplo. Tem que ser um mandatário para comandar, para dirigir e para liderar o País e não para dividir", disse o governador paulista.