Jornal Tamoios

Festa de Sant'Anna: 278 anos de tradição em Búzios

A partir do próximo dia 26 de julho, os tradicionais festejos em homenagem à padroeira da cidade, Sant’Anna chegam no seu auge. A programação mescla as atividades religiosas com shows de MPB, competições religiosas, quadrilhas e queima de fogos. A festa acontece com realização da Paróquia de Sant’Anna e Santa Rita de Cássia e apoio da Prefeitura de Búzios.

278 anos de fé, amor e tradição – Segundo a tradição católica, Santa Ana ou Sant’Anna (do latim Anna, por sua vez do hebraico transliterado Hannah, “Graça”) foi genitora de Maria, mãe de Jesus Cristo. A festa em homenagem à santa acontece desde 1740, sendo considerada a maior e mais importante manifestação de fé e cultura da cidade de Búzios.

Ao longo destes 278 anos de celebração, a festa em homenagem à padroeira vem sendo considerada um encontro das famílias buzianas. Diz uma lenda que a imagem de Santa Ana foi encontrada no mar por pescadores e que, a partir desse dia, não faltou mais pesca para a população. Também diz-se que, durante a construção da capela (em 1740), a imagem da santa mudava milagrosamente de posição, virando-se em direção ao mar durante a noite, o que fez com que a capela fosse definitivamente construída voltada para o mar.

Entre 1728 e 1768, o povoado de Armação dos Búzios foi um importante entreposto (“armação”) de caça às baleias no Brasil colonial. A praia da Armação era o local onde se localizava a armação baleeira propriamente dita (com reservatórios de óleo de baleia, administração, senzala, etc), enquanto que a praia dos Ossos era o local onde o processamento das baleias era iniciado, separando-se a carne dos ossos dos animais.

O desenvolvimento da armação foi particularmente impulsionado pelo contratador português Brás de Pina, que teria levantado a Capela (ou Igreja) de Santana com pedra, cal e argamassa de óleo de baleia, objetivando homenagear a santa, que teria salvado do naufrágio um barco com escravos. A Igreja é, atualmente, a única edificação da época dos tempos da pesca da baleia ainda de pé.

09h - Tradicional ALVORADA saída do Centro em direção ao Morro da Igreja
10h - MISSA SOLENE - Bispo Dom Alano
11h - SOLENIDADE DAS BANDEIRAS com a presença das autoridades religiosas e governamentais.
18h - SOLENE PROCISSÃO
20h - SANTA MISSA
21h - SHOW CATÓLICO NO MORRO - MÁRCIO PACHECO
23h - SHOW NO PALCO PRINCIPAL
21h - SHOW NO PALCO DO NO MORRO
22h30 - SHOW NO PALCO PRINCIPAL
09h - COMPETIÇÃO DE STAND UP (saindo da praia de Manguinhos em direção à praia da Armação)
20h - SANTA MISSA
21h - SHOW NO PALCO DO NO MORRO - BANDA ISRAEL - Quadrilha / pescaria / fogos
23h - SHOW NO PALCO PRINCIPAL
08h – CORRIDA E TRAVESSIA DE SANT'ANNA
10h - CAVALGADA
13h – ALMOÇO FESTIVO COM BINGO
20h – SHOW NO PALCO DO MORRO
21h30 - SHOW PALCO PRINCIPAL
23h30 - SORTEIO DAS RIFAS - ANÚNCIO DOS NOVOS FESTEIROS
00h - QUEIMA DE FOGOS

PROGRAMAÇÃO DA NOVENA:

DIA 26 DE JULHO – QUINTA-FEIRA
DIA 27 DE JULHO – SEXTA-FEIRA
DIA 28 DE JULHO – SÁBADO
DIA 29 DE JULHO – DOMINGO

 

 

 

 


Pesquisa interna


free
hit counter