Subprefeita de Tamoios usa tribuna da Câmara para tirar dúvidas sobre a administração do distrito.

A Subprefeita de Tamoios, Tamires Mendes, ocupou a tribuna da Câmara Municipal de Cabo Frio durante a sessão desta quinta-feira, DIA 9, para responder dúvidas apresentadas pelos vereadores presentes. Entre os temas arguidos durante a sessão estão o funcionamento das unidades de saúde do distrito, o transporte escolar e universitário e a realização das feiras e de eventos no distrito. A subprefeita se colocou à disposição para intermediar um diálogo entre a comunidade e os responsáveis pelas respectivas pastas citadas durante a sessão.

“Nossa intenção é que nosso povo tenha boas condições de vida. Tenho consciência de que nosso distrito não está da forma que queremos e que merecemos, mas sei também o quanto a administração pública está lutando para que tudo venha a melhorar. Certamente não teremos tempo hábil para realizar todas as coisas que planejamos, mas podemos dar o primeiro passo. Estou aqui para ajudar neste diálogo que pode ajudar o governo a trabalhar para o bem da população”, afirmou Tamires.

Sobre as questões apresentadas acerca do transporte universitário, Tamires explicou que, com a suspensão do ônibus “expresso universitário”, foi necessário providenciar, em regime de urgência, um transporte que atendesse aos mesmos estudantes que já faziam uso desse serviço. E que, posteriormente, a Coordenadoria de Ciência e Tecnologia promoveu um processo seletivo para atender esse público.

A respeito do transporte escolar oferecido pela Secretaria de Educação, ela informou que está em andamento, através da Seme, o processo licitatório com o objetivo de oferecer um serviço de qualidade.

Ao ser questionada sobre a mudança do local da feira, da rodovia para a orla, Tamires explicou que a decisão havia sido tomada por uma questão de segurança, pois a proximidade à rodovia, com grande fluxo de veículos, levou a Prefeitura a considerar arriscada a realização de eventos no local. Mas que a pedido da população, a decisão foi repensada, com o retorno da feira ao seu lugar de origem.

Na ocasião, ainda, a subprefeita esclareceu que o mesmo aconteceu a respeito de eventos, como o encontro de motociclistas e a festa de São Jorge, afirmando que a preocupação acerca da realização de tais eventos se restringia à localização, próxima da rodovia. E que, da mesma forma, a pedido da população, os eventos foram autorizados.

Sobre o funcionamento das unidades de Saúde, a subprefeita explicou que os problemas mais simples geralmente podem ser solucionados pela Coordenadoria de Governo do Distrito, mas que as questões mais complexas são encaminhadas por ofício para a Secretaria de Saúde.

Os vereadores agradeceram a presença da subprefeita, que foi convidada pela Casa Legislativa e aceitou o convite de intermediar um diálogo entre a população e o governo municipal.