Cabo Frio encerra o Sul-Americano de Va’a com 14 medalhas

22/11/2018 - A delegação brasileira foi a grande campeã do XVIII Sul-Americano de Va’a, que terminou nesta quarta-feira (21) após quatro dias de competições na Praia do Forte, em Cabo Frio (RJ). Ao todo, foram 74 medalhas, sendo 30 de ouro, 21 de prata e 23 de bronze, um resultado histórico. Deste total, 14 foram conquistadas por atletas cabo-frienses, seis delas de ouro. No quadro geral de medalhas, Cabo Frio teve uma medalha a menos do que a delegação de Rapanui, considerada favorita na competição: a representante da Ilha de Páscoa (Chile) conseguiu um total de 15 medalhas, o Perú ficou com 11. O Chile conquistou apenas 5, e Guiana Francesa e Panamá, uma medalha cada. Venezuela e Argentina não conseguiram subir o podium. O Taiti também participou do campeonato, mas como país convidado.

Desde o primeiro dia de competição as equipes do Brasil mostraram que não estavam para brincadeira: foram 10 podiuns logo na abertura do Sul-Americano, 27 no segundo dia, 26 no terceiro e 11 no último. E nessa disputa, a equipe He’e Nalu inaugurou o quadro de medalhas cabo-friense vencendo as duas equipes favoritas de Rapanui na prova V6 Júnior 19 Masculino 12km. Quem também fez bonito foi a equipe Mana Brasil, que conquistou no mar de Cabo Frio o tricampeonato sul-americano master.

“Foi um Sul-Americano extremamente disputado, onde segundos definiram as primeiras colocações, como no caso do V6 Open Masculino 24km: apenas um segundo separou a equipe campeã (Rapanui) da vice (He’e Nalu, de Cabo Frio). No geral, todas as equipes estão de parabéns. Deram um show dentro e fora da competição, superaram os desafios impostos pelas condições do tempo, com chuva, ventos e mar batido, enfim, mostraram que eram equipes dignas de estarem num campeonato deste porte”, parabenizou João Castro, diretor da Ecooutdoor Sports Business, organizadora do XVIII Sul-Americano de Va’a, realizado pela Confederação Brasileira de Va’a e Associação Magna de Desportes, com apoio da Prefeitura de Cabo Frio, Secretaria de Turismo e Cabo Frio Convention Bureau, e patrocínio do Restaurante Cabo Grill, Vilarejo, Nalin, Super Mineirão Supermercados, Boutique de Carne, Marcenaria Itajuru, Mafra Tintas e Bramil Supermercados.

Mas os agitos no mar de Cabo Frio não param. Nesta sexta-feira (23) começa outro grande campeonato de esportes aquáticos da América do Sul, o Aloha Spirit Festival, que acontece até domingo (25) reunindo mais de 2 mil atletas na Praia do Forte. A montagem da estrutura já começou. Durante três dias atletas do Espírito Santo, Rio de Janeiro, São Paulo, Rio Grande do Sul, Bahia, Minas Gerais, Distrito Federal, Santa Catarina, Pará, Sergipe, Paraná e Amazonas, além do Chile, Argentina e Uruguai disputarão provas nas modalidades de Canoa Havaiana, Stand Up Paddle, Natação em águas abertas, Paddleboard, Surfski, Triathlon Waterman e Apneia, além da Beach Run.

Para o Aloha, Cabo Frio vai disputar medalhas com cerca de 50 atletas (muitos deles medalhistas no Sul-Americano de Va’a) nas modalidades Canoa V1 Feminino, Canoa V1 Masculino, Canoa OC1 Feminino, Canoa OC1 Masculino, Canoa OC2, Canoa OC6, Canoa V1 Parava`a Masculino, Natação em Águas Abertas 1.500m Feminino, Natação em Águas Abertas 1.500m Masculino, Natação em Águas Abertas 3.800m Feminino, Natação em Águas Abertas 3.800m Masculino e Sup Amador 3 Km Feminino.

“Esta será a terceira e última etapa do Aloha Spirit este ano, e vale ressaltar que ela será válida para o Mundial de Stand Up Paddle 2019”, anunciou João Castro, lembrando que a competição tem patrocínio da Booking.com e Riachuelo, e apoio da Amarok, Prefeitura de Cabo Frio, Secretaria de Turismo de Cabo Frio, Inter TV e Aqua Sphere.

Confira como ficou o quadro de medalhas no XVIII Sul-Americano de Va’a, e o resultado de Cabo Frio em todos os dias de competição:

ATLETAS OURO PRATA BRONZE TOTAL
BRASIL 30 21 23 74
RAPANUI 5 7 3 15
* CABO FRIO 6 5 3 14
PERÚ 3 4 4 11
CHILE 1 2 2 5
GUIANA FRANCESA 0 1 0 1
PANAMÁ 0 1 0 1
VENEZUELA 0 0 0 0
ARGENTINA 0 0 0 0

TOTAL DE 107 PROVAS

18 DE NOVEMBRO
(1º dia de competição)

V6 JÚNIOR 19 MASCULINO (12 KM)

1º) Brasil (Equipe He’e Nalu – Cabo Frio) – 39’31”

Guilherme Teixeira Garcia

Juan Combothanassis

Pedro Garcia Lemgruber

Willian Muller

Lucas Barros da Costa

Eduardo Henrique Campos

2º) Rapanui – 40’27”

Braulio Artigas

Jason Tepano

Ariki Gutierrez

Tongariki Lilo

Tama Riroroko

Rangi Atan

3º) Rapanui – 41’39”

Maurata

Ariki

Poukura

Hadi

Korike

Juan

19 DE NOVEMBRO
(2º dia de competição)

V1R MASTER 40 FEMININO (12KM)

1º) Brasil – Alice Nassif (Cabo Frio) – 1h19’28”

2º) Brasil – Dayoni Rossi (Cabo Frio) – 1h19’57”

3º) Brasil – Marta Terra – 1h25’47”

20 DE NOVEMBRO
(3º dia de competição)

V1R MASTER 40 MASCULINO (12KM)

1º) Brasil – Rogério Mendes – 1h01’46”

2º) Brasil – Claudio Duarte Brito – 1h02’38”

3º) Brasil – Victor Campanati (Cabo Frio) – 1h03’21”

V1R JÚNIOR 19 MASCULINO (6KM)

1º) Brasil – Juan Combothanassis Ali (Cabo Frio) – 30’15”

2º) Brasil – Guilherme Garcia (Cabo Frio) – 30’17”

3º) Brasil – Willian Muller (Cabo Frio) – 31’19”

V6 MASTER 40 FEMININO (12KM)

1º) Brasil (equipe Mana Brasil – Cabo Frio) – 1h02’00”

Alice Nassif

Simone Rena da Fonseca

Marianna de Souza Santa Rosa

Dayone Antunes Rossi

Alisa Allemand de Lalor

Viviane Poltronieri

2º) Brasil – 1h02’44”

Maria Aparecida

Patrícia Kruger

Suzane Monteiro Emmerich

Danielli Almeida Miranda

Lara Brotas

Letícia Finamore

3º) Brasil – 1h03’08”

Daniela Cristina Bertin de Carvalho

Ana Paula Dias Mendes

Cássia Cirqueira de Freitas

Diana Nishimura Carneiro

Larissa Lima Barbosa

Taís Amorim

V1R JÚNIOR 19 FEMININO (6KM)

1º) Brasil – Júlia Ferreira Guimarães (Cabo Frio) – 42’40”

2º) Panamá – Gabriela Rodriguez – 48’03”

3º) Perú – Almudena Palma – 51’13”

V6 MASTER 40 MASCULINO (12KM)

1º) Brasil – 52’39”

Carlos José Lopes Ribeiro Filho

Marcelo Bosi de Almeida

Marcelo de Oliveira Lins

Manoel Martins Neto

Alessandro Pucci Matero

Jorge Souza de Freitas

2º) Brasil – 53’34”

Massimo Emilio Novelino

Flávio Bruno Rodrigues Ganime

Murilo Fonseca Leal

Leonardo Santi

Victor Campanatti (Cabo Frio)

Nicolas Bourlon

3º) Brasil – 53’38”

Fabrício Parreiras Aricó

Marcelo Dias

Marcos Antônio Caetano de Souza

Guilherme Rey

José Augusto Rela

Alexey Bevilacqua Borges

V1 JÚNIOR 19 MASCULINO (6KM)

1º) Rapanui – Rangi Atal – 29’56”

2º) Rapanui – Ariki Tepano – 31’12”

3º) Brasil – Lucas Barros Costa (Cabo Frio) – 31’42

21 DE NOVEMBRO
(4º dia de competição)

V6 OPEN FEMININO (24 KM)

1º) Brasil – 2h08’26”

Monica Pasco

Dani Yahn

Vanessa Veloso Soares

Thassia da Silva Marques

Gabriele Ferreira

Giselle Gusmão Mota

2º) Brasil (equipe Mana Brasil – Cabo Frio) – 2h09’35”

Alice Nassif

Andressa Saboya

Silvia Helena Martins Hargreaves

Dayone Antunes Rossi

Lena Ribeiro

Marta Terra de Moraes Porto

3º) Brasil – 2h15’18”

Mariana Carvalho Rodrigues

Patrícia Kruger

Marise Medeiros

Carolina Dadalto Rocha Fernandes

Camila de Farias Pinheiro

Maria Aparecida Machado

V6 OPEN MASCULINO (24 KM)

1º) Rapanui – 1h50’49”

Miguel Leon Pakarati

Marcelo Leon Parakati

Jonathan Leon Parakati

Cristobal Pakomio Alvarez

Pou Teau Hotu

Jose Hidalgo Ika

2º) Brasil (Cabo Frio) – 1h50’50”

Henrique Vogel Quintanilha

Reginaldo Willian Birkbeck

Carlos Jose Lopes Ribeiro Filho

Igor Lourenço Oliveira

Maxwell Coutinho Jr

Ricardo de Sanson

3º) Brasil – 1h52’15”

Mario Cavaco Neto

Americo Pinheiro

Rafael Carvalho Santacreu

Vinicius Berfoli Zeidan

Robert Almeida

Caue Serra

V6 MISTA OPEN (12 KM)

1º) Brasil (equipe He’e Nalu – Cabo Frio) – 1h03’03”

Gisele Jandre de Souza Costa

Júlia Ferreira Guimarães

Henrique Vogel Quintanilha

Aparecida da Silva Paes Mello

Mauro José Apolinário Batista

Juan Combothanassis Ali

2º) Brasil – 1h04’57”

Emerson de Jesus Bispo

Vanessa Veloso Soares

Georgia Michelucci

Marcelo Bosi de Almeida

Daniela Cristina Bertin de Carvalho

Caue Serra

3º) Brasil – 1h08’05”

Edney Pinto de Campos

Natalia Chernow

Elisangela Bortoletti de Oliveira

Tilie Maruana Morena Rodrigues Almeida

Ari Coentro Santana

Marco Antonio da Silva