Jornal Tamoios

Campanha contra pólio e sarampo quer vacinar mais de 10 mil crianças em Cabo Frio

Cabo Frio pretende vacinar 10.662 crianças contra a poliomielite e o sarampo a partir da próxima segunda (06), quando começa a Campanha Nacional de Vacinação. O número representa 95% do público-alvo, que são crianças de 1 a 4 anos, 11 meses e 29 dias de idade. Para isso serão colocadas 13 unidades polo para atendimento, que vão funcionar das 8h às 17h. O Dia D será no sábado (18). É necessário levar a caderneta de vacinação da criança para tomar a dose.

“O Brasil tinha eliminado a poliomielite e o sarampo e, de repente, com a situação dos venezuelanos começou a ter casos de novo. A vacina é importante porque mantém o bloqueio quando situações como essas acontecem. Temos que vacinar para manter a cobertura alta. Em relação ao sarampo, importante destacar que é uma doença com potencial grave no universo infantil, podendo levar a óbito. Por isso a importância se focar nesta faixa etária de 1 ano até menores de 5 anos”, destacou o médico Beto Nogueira, superintendente de Saúde Coletiva de Cabo Frio.

O objetivo da campanha é manter a cobertura vacinal contra a poliomielite e o sarampo, já que há 20 anos Cabo Frio não apresenta nenhum caso das duas doenças. As unidades polo para vacinação serão o Centro de Saúde Oswaldo Cruz (CSOC); os Esf’s Manoel Corrêa, Jardim Caiçara, Itajuru, Jacaré, Tangará, Boca do Mato; UBS da Praia do Siqueira; Hospital do Jardim; PS de Unamar; PAM de Santo Antônio, Esf Florestinha e Angelim.

De acordo com o Ministério da Saúde (MS) foram adquiridas 28,3 milhões de doses, ao custo de R$ 160,7 milhões, que abrangem a Vacina Inativada Poliomielite (VIP), a Vacina Oral Poliomielite (VOP) e a tríplice viral, que protege contra sarampo, rubéola e caxumba.

 

 

 

 


Pesquisa interna


free
hit counter